Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Polícia registra golpes em venda de ingresso do Rock in Rio

Polícia registra golpes em venda de ingresso do Rock in Rio
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Com os ingressos do Rock in Rio esgotados, muitas pessoas têm recorrido à compra de bilhetes de terceiros para não perder o festival -o que tem incrementado o número de golpes praticados.

No domingo (4), a Polícia Civil do Rio divulgou que uma compradora foi lesada em quase R$ 21 mil ao transferir o dinheiro, via PIX, para compra de ingressos e não recebê-los. De acordo com o delegado Felipe Santoro (13ª DP), a vítima relatou que as entradas para o evento foram compradas de Lívia da Silva Moura, 33, irmã do ex-jogador do Flamengo, Léo Moura. Ela desapareceu após receber o montante.

A influenciadora Juliana Santana também foi vítima de um golpe envolvendo a compra dos ingressos. Segundo seu relato no Twitter, ela foi lesada em quase R$ 400 ao tentar adquirir um pacote para o evento com um desconhecido. O suposto vendedor disse que havia ganhado ticktes para o evento de sua empresa e que ainda negociava valores de passagem e hospedagem. Segundo o relato, após receber os valores, o negociador sumiu.

Mas é possível comprar os ingressos em segurança? O que fazer para minimizar os riscos de golpe?

A reportagem conversou com presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho, que orientou como o consumidor deve proceder na compra dos ingressos para o festival que vai até o dia 11 de setembro.

1. Lembrar que não existe a possibilidade de compra de ingressos físicos. Nesta edição do RIR todos os ingressos são exclusivamente digitais;
2. Não aceitar print do QR code do ingresso ou envio de PDF. Todos os ingressos exigem download pelo site “ingresso.com”. A entrada é adicionada à carteira digital do aparelho.
3. A compra de entradas de terceiros é possível por meio da transferência de ingressos e só pode ocorrer no site “ingresso.com”. O vendedor deve informar o e-mail da pessoa apta a receber o bilhete e enviar um código gerado pelo site que possibilita que o ingresso seja baixado pelo novo titular.
5. A responsabilidade da compra é das partes envolvidas na negociação. Por isso, desconfie de preços mais baixos;
6. Em caso de pagamento via PIX ou transferência, é necessário checar se os dados bancários do vendedor são os mesmos da pessoa que está falando com você e irá transferir os ingressos;
7. Combine a transferência de ingressos com pessoas conhecidas;
8. Lembrar que a transferência deve ser concluída até o dia anterior a data do ingresso. Não é possível repassar o bilhete no dia do evento adquirido.

O especialista em tecnologia e inovação Arthur Igreja alerta ainda para vendedores apressados em concluir a venda e destaca que os ingressos podem ser comprados de forma mais segura por meio de sites da viagogo e seatwave.

“Usar preferencialmente sites que fazem esse serviço de revenda, aí você já tem um grau de verificação de procedência. Complicado é comprar por anúncio de grupo de WhatsApp”, destacou o especialista.

COMO TRANSFERIR UM INGRESSO?

1. Acesse www.ingresso.com. Entre na sua conta e selecione a aba Rock in Rio, onde irá visualizar seus pedidos;
2. Escolha um ingresso e clique no botão Transferir. Insira e confirme o e-mail de quem vai receber o ingresso;
3. Um código de segurança é gerado. Envie o código para o destinatário do ingresso. Ele vai precisar informá-lo para completar o recebimento.

Atenção:

– O prazo para aceitar a transferência do ingresso é de 24 horas. Se você receber o ingresso no dia anterior ao evento, deverá aceitá-lo até às 23h59 do mesmo dia;
– O ingresso recebido não poderá ser transferido para outra pessoa. Só é possível a devolução para o comprador original;
– Se o ingresso já foi baixado, a transferência só será possível usando o próprio smartphone que está com o ingresso.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!