Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Santos vence confronto direto com Bragantino fora de casa e encosta no G8 do Brasileirão

Santos vence confronto direto com Bragantino fora de casa e encosta no G8 do Brasileirão
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

O Santos segue vivo na briga por uma vaga na próxima edição da Libertadores. Na noite desta segunda-feira, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Peixe superou o Red Bull Bragantino por 2 a 0, fora de casa. Os gols foram anotados por Camacho e Ângelo, ambos no segundo tempo.

O resultado foi muito importante para o Alvinegro Praiano, que alcançou a sua segunda vitória seguida no torneio. O clube voltou para a 11ª colocação, com 43 pontos, dois a menos que o América-MG, que abre o G8. Já o Massa Bruta se complicou um pouco. O time estacionou na 13º posição, com 38.

O Santos volta a campo agora no próximo sábado, às 19 horas (de Brasília), quando encara o Corinthians, na Vila Belmiro, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. No mesmo dia, mas às 16h30, o Bragantino recebe o Athletico-PR.

O jogo – A etapa inicial começou com os mandantes apertando no Nabi Abi Chedid. Com apenas três minutos, Helinho dominou na entrada da área e soltou um foguete no travessão. Com o sustos, os visitantes acordaram e tentaram equilibrar a partida. A primeira chegada dos alvinegros foi aos oito, em forte finalização de Lucas Braga defendida por Cleiton.

Já aos 13, quase saiu um golaço. Após cobrança de falta, Nathan pegou a sobra, chapelou o zagueiro e emendou um voleio por cima da meta.

A partir de então, o jogo passou a ficar muito truncado e caiu muito de rendimento. Dois lances, inclusive, chamaram atenção. Com 22 minutos, Popó deu uma solada na canela do Bauermann. Apesar da forte entrada, o atacante levou apenas cartão amarelo. Na sequência, Léo Realpe deu uma joelhada nas costas de Marcos Leonardo, que caiu no gramado chorando e precisou ser substituído.

Na volta do intervalo, a rede enfim balançou. Com o relógio marcando apenas cinco minutos, Camacho disparou com liberdade após roubada de bola de Lucas Barbosa e acionou Lucas Braga na ponta esquerda. O camisa 30 devolveu rapidamente para o volante, que bateu com categoria no cantinho para abrir o placar para o Santos.

Em desvantagem, o Bragantino tentou pressionar em busca do empate. Aos 15, Popó teve uma grande chance de igualar. O atacante apareceu livre nas costas da marcação depois de belo cruzamento de Lomónaco, mas testou para fora

E o gol perdido acabou custando caro. Isso porque, aos 22 minutos, os visitantes ampliaram. Ângelo recebeu ótimo lançamento de Madson, invadiu a área, driblou o zagueiro e bateu na saída de Cleiton para estufar as redes.

Com a boa vantagem no placar, o Peixe passou a administrar o resultado. Do outro lado, os mandantes tiveram grandes dificuldades para levar perigo. A melhor chance saiu aos 29, em cobrança de falta na linha da grande área. Na batida, porém, Luan Candido parou na barreira.

Aos 40, foi a vez de Sorriso tentar. Depois de bela jogada individual no meio de campo, Artur encontrou o atacante com liberdade na ponta esquerda, mas o camisa 27 finalizou muito mal e desperdiçou boa oportunidade.

Já nos acréscimos, Lucas Evangelista deu forte entrada em Madson e foi expulso pelo árbitro. O meia deu um carrinho na canela do lateral, que imediatamente caiu com muitas dores.

Esse foi o último lance da partida. Com isso, o Santos confirmou a sua segunda vitória seguida no Brasileirão e se aproximou do G8 do torneio.

Fonte: https://www.sonoticias.com.br/category/agronoticias
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!