Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Aprosoja Mato Grosso não aceita Fávaro, Geller e Augustin como interlocutores junto a Lula

Aprosoja Mato Grosso não aceita Fávaro, Geller e Augustin como interlocutores junto a Lula
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja/MT) informou, há pouco, que produtores de soja e milho de Mato Grosso decidiram, por unanimidade, que o senador Carlos Fávaro (PSD), o deputado federal cassado, Neri Geller (PP), e do empresário Carlos Augustin “não têm legitimidade para representar o setor como interlocutores em Brasília”. A decisão foi tomada em assembleia geral de associados. Fávaro e Geller apoiaram Lula em Mato Grosso e a maioria dos produtores apoiou a reeleição de Jair Bolsonaro.

“Embora cada um tenha a prerrogativa de tomar suas próprias decisões, isto traz consequências. Ao apoiar as políticas do Partido dos Trabalhadores (PT), que inclusive, apoiam invasões de propriedades privadas, Carlos Fávaro, Neri Geller, e Carlos Augustin, entraram diretamente em divergência com os valores conservadores da classe produtora”, manifesta a Aprosoja.

A assessoria também informa que, além de não aceitar os nomes, os produtores decidiram que a Aprosoja-Mato Grosso deverá se retirar do Instituto Pensar Agro (IPA), entidade que dá suporte à Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), caso Carlos Fávaro, Neri Geller e Carlos Augustin, sejam interlocutores com estas instituições, já que não representam os produtores de soja e milho de Mato Grosso’, conclui.

Carlos Favaro já foi presidente da Aprosoja Mato Grosso e Neri Geller foi ministro da Agricultura no governo de Dilma Rousseff (PT).

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui.

Fonte: https://www.sonoticias.com.br/category/agronoticias
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!