Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Casa Branca diz que Biden se planeja para encontrar Lula ‘em breve’

Casa Branca diz que Biden se planeja para encontrar Lula ‘em breve’
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai buscar uma “oportunidade em breve” para se encontrar com o presidente eleito do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva. A afirmação foi feita nesta quinta-feira (10) pelo conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan.

Em um pronunciamento na Casa Branca, Sullivan disse que esteve em contato com membros do alto escalão da equipe de Lula, e que estão formulando planos para o engajamento presencial entre os dois líderes.

No dia seguinte à eleição de Lula, Biden ligou para o presidente eleito no Brasil. Além de parabenizá-lo pelo resultado, Biden também conversou com Lula sobre a “força das instituições democráticas”, em referência ao receio de que o governo Jair Bolsonaro não respeitasse o resultado das eleições.

Durante a ligação, que durou cerca de 20 minutos, os dois também conversaram sobre as relações diplomáticas entre os dois países e falaram sobre os desafios que as duas nações enfrentarão a respeito das mudanças climáticas.

Apesar do ex-presidente norte-americano Donald Trump ter apoiado publicamente a reeleição de Jair Bolsonaro, outros líderes dos Estados Unidos e internacionais têm aceitado a vitória de Lula com entusiasmo.

No segundo dia da COP27 (27ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas), Bolsonaro foi criticado de maneira indireta no discurso do ambientalista Al Gore, ex-vice presidente dos Estados Unidos. Em sua fala no evento, ele disse que o Brasil “escolheu parar de destruir a Amazônia”, em referência à eleição de Lula.

Desde a finalização das eleições, diversos líderes internacionais cumprimentaram o petista pelo inédito terceiro mandato e sinalizaram disposição para manter ou estreitar as relações comerciais, bilaterais e diplomáticas.

Ainda no dia do segundo turno, eram várias as publicações no Twitter e em outras redes sociais mencionando Lula. De Vladimir Putin, presidente russo, a Volodimir Zelensky, que comanda a Ucrânia contra o avanço das tropas russas, à embaixada da China no Brasil, houve um rápido reconhecimento das eleições internacionalmente.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE