Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Serviço de parques nos EUA pede que turistas não lambam sapo com toxina

Serviço de parques nos EUA pede que turistas não lambam sapo com toxina
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Serviço Nacional de Parques (NPS), dos Estados Unidos, teve de fazer uma postagem em sua conta no Facebook para alertar turistas do risco de lamber sapos. Isso devido a um deles, que mede até 18 centímetros, e que pode secretar toxinas alucinógenas.

De acordo com a publicação, o chamado sapo do deserto de Sonora ou sapo do rio Colorado é um dos maiores da América do Norte. Eles possuem glândulas parótidas proeminentes que ficam atrás dos olhos e que secretam uma toxina potente.

Se houver contato com os olhos ou boca pode deixar um ser humano muito doente e matar um cão adulto. Essas toxinas já foram fumadas quando secas e cristalizadas, o que causou efeito psicodélico.

“Como alertamos para a maioria das coisas que você encontra em um parque nacional, seja uma lesma, um cogumelo desconhecido ou um grande sapo com olhos brilhantes na calada da noite, evite lamber. Obrigado”, diz a postagem do serviço.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!