Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Budweiser leva à Argentina cerveja que não pôde ser vendida na Copa

Budweiser leva à Argentina cerveja que não pôde ser vendida na Copa
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Budweiser anunciou que levou as cervejas não vendidas na Copa do Mundo do Qatar para a Argentina, como parte de uma promessa que havia feito em novembro, logo após o país-sede da Copa do Mundo não autorizar a venda das bebidas nos estádios e em seus entornos.

A empresa anunciou que fará Fan Fests em algumas cidades argentinas, como Buenos Aires e Rosário, a cidade natal de Lionel Messi e Ángel di María, e Córdoba.

Não está claro se nesses locais a cerveja será vendida ou distribuída aos fãs. Nos eventos, haverá ainda atrações musicais, de acordo com a companhia.

Além disso, a companhia americana anunciou, em seu Twitter, promoções, como uma em parceria com um aplicativo de entregas local que consiste em dobrar o número de cervejas compradas pelo usuário.

Também há distribuição de uma lata de 473 ml para quem, após cadastro num site, estiver disposto a ir até determinados comércios para retirar o prêmio. As embalagens são estilizadas para comemorar o título argentino. Messi aparece nelas. Essa ação vale até sexta (23).

Dois dias antes do mundial, o Qatar anunciou que não permitiria a venda de bebidas alcoólicas em estádios ou perto deles. Só nas Fan Fests o líquido poderia ser comercializado. A venda de álcool não é proibida, mas bastante dificultada, no país muçulmano.

A decisão pegou a Budweiser, patrocinadora da Copa do Mundo, de surpresa. A empresa pagou à Fifa US$ 75 milhões para vender seus produtos no evento.

Durante o Mundial, torcedores estrangeiros sofreram para conseguir tomar bebidas alcoólicas. Além das vendas restritas, a substância é cara no Qatar.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE