Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Governo exonera médico olavista que assinou nota antivacina na Saúde

Governo exonera médico olavista que assinou nota antivacina na Saúde
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O governo Jair Bolsonaro (PL) exonerou nesta quinta (7) o médico olavista Hélio Angotti Neto do cargo de Secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde. A saída dele foi publicada no Diário Oficial da União e é assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP).

Angotti Neto foi o responsável pela nota técnica, publicada pela pasta em janeiro, que colocou a cloroquina como eficaz contra a Covid-19, e a vacina não, contrariando uma série de estudos e orientações sanitárias. Na época, ele ocupava o cargo de secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde da pasta.
A cloroquina já teve sua ineficácia comprovada contra a doença, sendo contraindicada, inclusive, pela OMS (Organização Mundial da Saúde), enquanto as vacinas se mostraram seguras e eficazes para prevenir casos graves e óbitos.
Na nota, o então secretário apresentou uma tabela colocando a hidroxicloroquina em oposição às vacinas. Uma das colunas perguntava se havia demonstração de efetividade em estudos controlados e randomizados para a Covid-19. A resposta era “sim” para a hidroxicloroquina e “não” para as vacinas.
Dias depois, diante da repercussão negativa, o ministério alterou a nota e excluiu a tabela.
Angotti Neto estava na secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde desde fevereiro deste ano. Na ocasião, ele substituiu a médica Mayra Pinheiro, conhecida como “Capitã Cloroquina”.
Fã do escritor e guru bolsonarista Olavo de Carvalho, morto em janeiro deste ano, o médico presenteou o escritor, a quem chamava de “professor”, com seus livros e fez várias referências a ele em um blog que escreve sobre medicina e filosofia.
A sinopse de uma das obras do secretário, chamada “A Morte da Medicina”, diz que “a medicina, como ciência, deveria estar de fora de quaisquer tentativas de manipulação político-ideológica, que são sempre justificadas através de argumentações absurdas e totalmente anticientíficas”. Ele também é contra a descriminalização do aborto.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE