Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Homem é condenado a prisão perpétua por morte de brasileira na Argentina

Homem é condenado a prisão perpétua por morte de brasileira na Argentina
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (UOL – FOLHAPRESS) – A vítima, identificada como Luana Cristina Carneiro de Melo, tinha 25 anos e foi encontrada deitada na cama após ser sufocada no apartamento que alugava em Buenos Aires, na Argentina, em 2018.

Segundo informações da agência argentina Télam, o crime foi solucionado após o suspeito confessar que entrou no imóvel para roubar o celular de Luana. Ele disse que matou a jovem para que ela não o entregasse.

Iver Uruchi Condori, de nacionalidade boliviana, foi condenado pelo crime de homicídio em concorrência com o crime de furto, disseram à Télam fontes ligadas ao caso.

A sentença de prisão perpétua foi determinada por três juízes do Tribunal Oral e Criminal. Com a decisão, Condori vai continuar detido no Complexo Penitenciário Federal II Marcos Paz, do Serviço Penitenciário Federal.

A mãe de Luana, Rosemary Carneiro de Freitas, disse à agência argentina que “sempre lutou pela Justiça” e a condenação “representa a persistência dessa luta”. Ela acompanhou todas as audiências do julgamento.
Em vida, Luana sempre lutou pela justiça e pelos direitos das mulheres. A condenação de seu assassino, para nós, representa a persistência dessa luta.”

Nascida em Jataí (GO), a 320 km de Goiânia, Luana se mudou para a Argentina aos 22 anos, após conhecer uma amiga pela internet.

Ela fez uma viagem para o país e acabou decidindo ficar em Buenos Aires, onde conseguiu emprego de assistente financeira em uma multinacional.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE