Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Laboratório Central de Mato Grosso realizou cerca de 700 mil exames

Laboratório Central de Mato Grosso realizou cerca de 700 mil exames
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Laboratório Central de Mato Grosso realizou cerca de 700 mil exames

Lacen-MT é referência para os 141 municípios do Estado na realização de análises laboratoriais de vigilância em saúde

Fernanda Nazário
| SES-MT

Michel Alvim – Secom/MT

Em quase quatro anos, o Laboratório Central do Estado de Mato Grosso (Lacen-MT), gerido pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), realizou cerca de 700 mil análises laboratoriais. Entre as análises estão teste de Covid-19, dengue e influenza.

Conforme dados da unidade, em 2019, foram realizados 74.422 exames. Em 2020, foram 195.181 análises, seguidas de 328.050 em 2021. Um levantamento parcial de janeiro a novembro de 2022 aponta a realização de 99.910 exames.

O secretário adjunto de Atenção e Vigilância em Saúde, Juliano Melo, avalia positivamente o trabalho desenvolvido pela instituição e ressalta a importância das ações do laboratório para o Sistema Único de Saúde (SUS) de Mato Grosso.

“Ao longo desses anos nós modernizamos nossos sistemas, qualificamos os profissionais e aperfeiçoamos a estrutura da unidade. Todo esse investimento resultou no melhor atendimento da população”, diz Juliano.

O laboratório é referência para os 141 municípios de Mato Grosso na realização de análises laboratoriais de vigilância em saúde, atende com prioridade as áreas de vigilância em saúde – seja ambiental, sanitária, epidemiológica e do trabalhador. Nestas áreas, realiza análises para diagnóstico dos agravos de notificação compulsória como dengue, hepatites, febre amarela, leptospirose, hantavírus, leishmaniose visceral canina e humana e HIV, dentre outras.

Durante a pandemia pela Covid-19, o Lacen passou de cerca de 60 análises de exames laboratoriais por mês para mais de 4 mil por dia, com laudo e parecer técnico dos resultados para a unidade de Vigilância em Saúde. A equipe da unidade é composta por 130 profissionais preparados para atender todos os municípios mato-grossenses.

Para a diretora do Lacen, Elaine Cristina, os avanços não seriam possíveis se não fosse a dedicação dos servidores e uma gestão comprometida com o SUS. “Na nossa avaliação de desempenho das ações, nós refletimos sobre o quanto somos gratos por todo investimento realizado na unidade e nos resultados alcançados. Cada servidor é responsável pelo avanço do Lacen”, diz a gestora.

Nova sede

Até o mês de fevereiro de 2022, os serviços do Lacen funcionavam anexo ao Centro Estadual de Referência de Média e Alta Complexidades (Cermac), localizado em Cuiabá, na Rua Tenente Thogo da Silva Pereira, 63, centro. Visando um ambiente mais moderno e amplo, a SES inaugurou, em março deste ano, a nova sede provisória do Laboratório e da Superintendência de Vigilância em Saúde, na Rua Santiago, bairro Jardim das Américas.

A sede definitiva do Lacen está em construção anexa ao Hospital Central, localizado no Centro Político Administrativo. A obra conta com um investimento de R$ 11,8 milhões e deverá ser concluída em 2023. O local contará com uma estrutura de cerca de 2.500 m².

C

Fonte: mt.gov.br

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE