Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Medalhista olímpica na natação é condenada à prisão em Belarus à revelia

Medalhista olímpica na natação é condenada à prisão em Belarus à revelia
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Medalhista em duas edições da Olimpíada, a ex-nadadora belarussa Aliaksandra Herasimenia foi condenada à prisão em seu país, nesta segunda-feira, à revelia. A Justiça de Belarus decidiu por impor à ex-atleta uma condenação de 12 anos de reclusão por conta de declarações públicas contra a invasão da Ucrânia.

Herasimenia foi condenada junto de Alexandr Opeinik, seu colega e fundador do Fundo Belorrusso de Solidariedade Esportiva, que auxilia atletas perseguidos pelo governo de Belarus, o único do mundo a apoiar a Rússia na invasão ao vizinho ucraniano, em fevereiro deste ano.

Desde a invasão, a Herasimenia vem criticando publicamente a gestão do presidente Alexandr Lukashenko e o seu apoio à invasão do país vizinho. “A Ucrânia nunca foi nossa inimiga, é um povo irmão”, declarou a ex-atleta, que já não morava em seu país – ela se exilou na vizinha Lituânia.

Ela acabou sendo condenada à revelia porque a justiça de Belarus considerou que suas declarações se tornaram uma ameaça à segurança nacional do país.

Herasimenia, de 36 anos, conquistou três medalhas olímpicas em sua carreira. Nos Jogos de Londres-2012, foi prata nas provas de 50m e 100 metros livre. No Rio-2016, faturou o bronze no 50m livre. Ela soma ainda quatro medalhas em Mundiais, de piscina curta e longa, incluindo dois ouros.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE