Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Obama, Macron, Fernández e outros líderes lamentam morte de Pelé

Obama, Macron, Fernández e outros líderes lamentam morte de Pelé
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Líderes mundiais repercutiram a morte de Pelé, aos 82 anos. Um deles foi Barack Obama, ex-presidente dos EUA, que conheceu Pelé em 2019, em São Paulo, durante uma visita ao Brasil. Na ocasião, Pelé, que se recuperava de uma infecção urinária, entregou uma camisa da seleção brasileira para o ex-presidente americano. “Para presidente Obama com abraço, Edson Pelé”.

Obama disse então que o ex-jogador era a “única lenda viva que ele queria conhecer e ainda não havia conhecido”, o que Pelé retribuiu dizendo que era um admirador “de longa data” de ex-presidente.

Após ter conhecimento da morte do Rei do futebol, Obama publicou no Twitter: “Pelé foi um dos maiores que já jogou o belo jogo. E, como um dos atletas mais reconhecidos do mundo, ele entendeu o poder do esporte para unir as pessoas. Nossos pensamentos estão com sua família e todos que o amavam e admiravam”.

Presidentes também prestaram homenagens ao Rei do futebol. “Nos deixou um dos melhores futebolistas da história. Recordaremos sempre daqueles anos em que Pelé deslumbrou o mundo com suas habilidades. Um grande abraço a sua família e ao povo do Brasil, que o levará no coração”, disse Alberto Fernández, presidente da Argentina.

Já o presidente da França, Emmanuel Macro, postou uma foto de Pelé com os dizeres: “O Jogo. O Rei. A Eternidade.

A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, afirmou que “graças ao seu talento e à sua classe”, Pelé “conseguiu deixar a sua marca mesmo nas gerações que não tiveram a sorte de o ver jogar”. “Hoje o mundo inteiro chora uma lenda chamada Pelé.”

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, lembrou que “quando criança, assisti Pelé na Copa do Mundo de futebol em uma tela em preto e branco. Meu pai me disse que eu era o melhor jogador de futebol do mundo. Hoje acho que meu pai tinha razão”, disse ele, que completou: “Uma mensagem de solidariedade à sua família e a todos os brasileiros que tanto o amavam”.

O presidente Andrés Manuel López Obrador, do México, país em que Pelé conquistou o tricampeonato mundial, destacou o papel de influência do craque em futuras gerações de jogadores do Brasil e mundo. “Que descanse em paz, Pelé, o grande jogador e humilde professor que certamente influenciou jogadores como Ronaldinho com seu exemplo”.

A embaixadora da Suécia no Brasil, Karin Wallensteen, lembrou dos laços de seu país com o maior futebolista da história, já que foi em solo sueco onde Pelé e o Brasil conquistaram pela primeira vez a Copa do Mundo. ” Pelé não foi apenas uma estrela do futebol, mas um jogador de futebol muito amado na Suécia, após a Copa do Mundo de 1958. Lamentamos e choramos junto com o Brasil a morte deste ícone do futebol.”

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE