Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Polícia Civil prende 6 pessoas envolvidas no homicídio de um adolescente em Alta Floresta

Polícia Civil prende 6 pessoas envolvidas no homicídio de um adolescente em Alta Floresta
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Seis pessoas envolvidas no homicídio que vitimou um adolescente, no sábado (17.12), no município de Alta Floresta, região norte do Estado, foram presas em flagrante pela Polícia Civil.

Dois maiores de 18 anos foram autuados por homicídio qualificado pelo motivo torpe, pela emboscada e por meio que impossibilitou a defesa do ofendido .

Três adolescentes de 16, 15 e 14 anos, e uma menor de 14 anos, foram apreendidos e autuados em ato infracional análogo ao crime de homicídio qualificado.

No final da manhã de sábado (17), Alexsandro Carolo Valdevino, de 14 anos, caminhava pela avenida Mato Grosso, no bairro Cidade Alta, quando dois indivíduos em uma moto se aproximaram e efetuaram disparos de arma de fogo na vítima, que foi a óbito no local.

Logo que acionados para atender a ocorrência, os policiais civis passaram a diligenciar visando identificar os autores do homicídio. Nas investigações, foi descoberto que minutos antes de ser morto, Alexsandro estava em um estabelecimento comercial na companhia de mais cinco pessoas.

Analisando as imagens captadas por câmeras de seguranças nas imediações do fato, após entrevistas de testemunhas e com base em outros indícios, foi possível identificar o grupo envolvido no crime.

Em seguida os policiais civis avistaram dois dos suspeitos passando próximo ao local de isolamento do corpo. Ato contínuo foi feita a abordagem da dupla, e um deles acabou assumindo os fatos. Minutos depois foi possível localizar os outros três envolvidos, entre eles a adolescente e o autor dos disparos de arma de fogo.

Os seis indivíduos, sendo dois maiores e quatro adolescentes, foram encaminhados até a Delegacia de Polícia de Alta Floresta para esclarecimentos.

Os conduzidos foram ouvidos e autuados em flagrante e ato infracional, respectivamente, por homicídio qualificado pelo motivo torpe, pela emboscada e por meio que impossibilitou a defesa do ofendido.

Após a confecção dos autos, os presos e apreendidos foram apresentados e colocados à disposição da Justiça.

Fonte: Assessoria

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE