Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Político russo, que criticou Putin, morre após cair de 3.º andar na Índia

Político russo, que criticou Putin, morre após cair de 3.º andar na Índia
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Pavel Antov, um político russo que criticou o presidente Vladimir Putin pela invasão da Ucrânia, foi encontrado morto, no sábado, no estado de Odisha, no leste da Índia.

Segundo a imprensa internacional, Antov – considerado pela Forbes, em 2019, como o deputado russo “mais rico” – teria caído da janela de um terceiro andar de um hotel.

O incidente aconteceu dois dias depois de Vladimir Bidenov, um empresário russo que estava viajando com Antov, ter morrido de ataque cardíaco no mesmo hotel. Ambos encontravam-se em Rayagada, Odisha, para celebrar o 66.º aniversário de Pavel Antov. 

A imprensa avança ainda que o político, deputado na assembleia legislativa da região de Vladimir e fundador da maior empresa de produção de carne e salsichas da Rússia, teria colocado termo à própria vida.

Já o cônsul russo em Calcutá, Alexei Idamkin, em declarações à agência de notícias estatal RIA, revelou apenas que Antov “caiu” de uma janela. “Estamos seguindo de perto a investigação e recebendo toda a informação da polícia de Odisha”, frisou. 

Em junho, numa publicação nas redes sociais, Antov criticou Putin e a guerra na Ucrânia, descrevendo os ataques aéreos em Kiev como “terror” russo. A publicação acabou sendo eliminada e o político emitiu um pedido de desculpas, onde afirmou que tinha sido “infeliz mal-entendido” e “um erro técnico”.

No pedido de desculpas, o oligarca russo reiterou que tinha “sempre apoiado o presidente” e “sinceramente” apoiava a operação militar. 

 

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE