Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Presidente do Barcelona comemora título de Messi na Copa: ‘Justiça histórica’

Presidente do Barcelona comemora título de Messi na Copa: ‘Justiça histórica’
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Dificilmente Lionel Messi não estará em “FC Barcelona, uma nova era”, documentário lançado nesta segunda-feira que trará a recuperação econômica e institucional do clube, além da reconstrução da equipe principal. Ele fez parte desta história e, óbvio, virou assunto durante a divulgação feita por Joan Laporta. O presidente da equipe catalã fez questão de comemorar o título mundial do argentino que brilhou defendendo as cores azul-grená, dizendo que foi uma “justiça histórica.”

Depois de brilhar nos gramados por muitos anos, somente aos 35 anos que Messi conquistou o mais importante título de seleções do planeta, nos pênaltis, diante da França, no Catar. Após 3 a 3 no tempo regulamentar, sua seleção fez 4 a 2 para festejar o tricampeonato no Lusail Stadium.

“O melhor de todos os tempos. Justiça histórica”, disse Laporta, feliz da vida com o feito de seu pupilo nas maiores conquistas do Barcelona e que pode repatriar ao fim do contrato com o Paris Saint-Germain. Por enquanto ele desconversa ao dizer que respeita o acordo do jogador com os franceses. O fim do vínculo é em junho de 2023.

“Todos nós, catalães, achamos justo, diria até histórico, que o Leo (Messi) tenha uma Copa do Mundo. Era um desejo da maioria. Leo mostrou seu talento na Copa do Mundo e custou muito para ele conseguir aquela taça que tanto queria e agora pode estar muito feliz consigo mesmo”, afirmou o dirigente à Barça TV.

Desde a confirmação da conquista da Argentina que o Barcelona vem homenageando Messi com muitas fotos em suas redes sociais. “Todos os torcedores têm um carinho especial pelo Rosário (cidade natal de Messi), a quem agradecem pelo talento que aqui demonstrou por tantos anos”, disse. “Ele foi, é e será uma referência no Barça, e estamos muito felizes.”

Laporta aproveitou para falar da decisão e evitou diminuir a importância da conquista para seus franceses derrotados. “Foi uma grande final, cheia de emoção, principalmente quando a França empatou. Muitas coisas poderiam ter acontecido, vitória da França ou vitória da Argentina. Leo fez três gols, contando o pênalti, e estou muito feliz, embora estaríamos também (com taça para a França) por Ousmane (Dembélé) e Jules (Koundé).”

Atual técnico do Barcelona, Xavi Hernández, companheiro de glórias com o camisa 10 no campo pela equipe e louco para ser seu comandante no futuro, também não escondeu sua satisfação com o título da Argentina. “Estou muito feliz por Messi, ele merece isso. Ele é o melhor jogador da história e é meu amigo.” D

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE