Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Djokovic e Medvedev avançam e se enfrentam nas semifinais do ATP 250 de Adelaide

Djokovic e Medvedev avançam e se enfrentam nas semifinais do ATP 250 de Adelaide
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

O ATP 250 de Adelaide, torneio utilizado por grandes estrelas do tênis como preparação para o Aberto da Austrália, terá uma semifinal entre o sérvio Novak Djokovic e o russo Daniil Medvedev, dois ex-número 1 do mundo e atuais integrantes do top 10 do ranking. Após Medvedev bater o compatriota Karen Khachanov por 2 sets a 0, com duplo 6/3, Djokovic passou pelo canadense Denis Shapovalov com parciais de 6/3 e 6/4. A outra semi será entre o americano Sebastian Korda e o japonês Yoshihito Nishioka.

Vencedor do US Open de 2021 em final disputada contra Djokovic, Medvedev não venceu mais o sérvio depois disso. Foi superado na final do Masters 1000 de Paris de 2021, perdeu por desistência após dores na perna durante a semi do ATP 500 de Astana de 2022 e voltou a ser derrotado na fase de grupos do ATP Finals, também no ano passado.

“Eu joguei bem no ano passado e estou jogando bem agora”, disse Medvedev após superar Khachanov nesta sexta. “Para ser honesto, é tudo o que importa, para vencer um slam ou ir para a final você precisa estar no seu melhor por sete partidas. Eu fiz isso uma vaz e estive muito perto ano passado. Isso é o que eu vou tentar fazer em Melbourne”, completou, referindo-se à cidade onde será disputado o major australiano.

Atual número 7 do mundo, Medvedev tem quatro vitórias e oito derrotas para Djokovic, quinto do ranking, que não se apoia no retrospecto positivo diante do adversário antes do duelo por uma vaga na final em Adelaide. Depois de vencer Denis Shapovalov, o sérvio exaltou as qualidades do russo.

“Normalmente, quando você enfrenta Daniil, você tem que estar pronto para ir longe fisicamente e mentalemnte em termos de jogo. Ele é, definitivamente, um dos melhores jogadores do mundo nos últimos cinco anos. Colocou-se como vencedor de um Grand Slam e como número 1 do mundo. Por isso, ele é alguém que eu respeito muito. Tivemos batalhas incríveis ao longo dos anos e espero mais uma boa batalha amanhã”, afirmou Nole.

O ATP 250 de Adelaide é o primeiro torneio disputado por Djokovic na Austrália após a deportação sofrida por ele em janeiro de 2022, quando foi impedido de disputar o major australiano por não ter se vacinado. Na ocasião, acabou deportado e banido de entrar no país por três anos, mas a punição foi revogada em dezembro. Como o governo australiano não exige mais comprovante de vacinação, ele pôde desembarcar sem problemas. A nova edição do grand slam oceânico começa no dia 15, com a disputa da fase qualificatória.

WTA 250

Adelaide também está sendo palco de um WTA 250, e as semifinais já estão definidas. A belarussa Aryna Sabalenka, número 5 do mundo, brigará por uma vaga na final em duelo com a romena Irina-Camelia Begu. Já a tunisiana Ons Jabeur, vice-líder do ranking, encara a checa Linda Noskova.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE