Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Esporte teve 2022 de perdas com mortes de Pelé, Eder Jofre, Isabel e Bill Russell

Esporte teve 2022 de perdas com mortes de Pelé, Eder Jofre, Isabel e Bill Russell
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

O ano de 2022 ficou marcado pela morte de importantes ídolos e grandes referências no esporte mundial. Relevantes figuras deixaram um vazio em suas respectivas modalidades. No Brasil, as mortes da jogadora de vôlei Isabel Salgado, do pugilista Eder Jofre e de Pelé, o Rei do Futebol, chocaram fãs por todas as partes.

RINCÓN

Em abril, dias angustiantes antecederam a morte de um dos ídolos do futebol colombiano. O jogador Freddy Rincón, que já vestiu a camisa de Corinthians e Palmeiras, entre outros clubes do Brasil, morreu no dia 13, vítima de um acidente automobilístico. Dois dias antes, seu veículo se chocou com um ônibus em um cruzamento de duas avenidas em Cali, na Colômbia, numa batida muito forte.

MINO RAIOLA

Ainda no mundo do futebol, mais um baque. Empresário de jogadores renomados do futebol mundial, Mino Raiola morreu em 30 de abril, em Milão, aos 54 anos. Ele estava internado no Hospital San Raffaele em condições críticas, fruto de um problema grave de saúde, que vinha desde o início de 2022.

ADREIAN PAYNE

No dia 9 de maio, o jogador de basquete americano Adreian Payne foi morto a tiros, na Flórida, nos Estados Unidos. O atleta de 31 anos teve passagens por grandes equipes da NBA, a liga norte-americana de basquete.

BILL RUSSELL

Considerado o maior pivô defensivo da história do basquete e um dos grandes jogadores da NBA, Bill Russell morreu no dia 31 de julho aos 88 anos. Ele morreu pacificamente tendo a companhia da mulher e familiares. Muitos são os feitos de Russell, que fez história nos Estados Unidos. Ele conquistou 11 campeonatos da NBA e ganhou ainda cinco prêmios de MVP na Liga Americana.

LEANDRO LO

O campeão mundial de jiu-jítsu Leandro Lo, de 33 anos, foi baleado na cabeça durante um show de pagode no Clube Sírio, na zona sul de São Paulo, na madrugada do dia 7 de agosto, por um policial militar de folga. Ele foi levado para o hospital, mas teve a morte cerebral detectada pouco depois.

EDER JOFRE

Eder Jofre, o maior peso galo do boxe em todos os tempos, morreu no dia 2 de outubro, em São Paulo, aos 86 anos. Ele estava internado desde 4 de março por causa de uma pneumonia, perdeu muito peso e não se recuperou fisicamente. Sete anos antes, ele fora diagnosticado com uma doença neurológica degenerativa.

ISABEL

Isabel Salgado, um dos ícones do vôlei brasileiro, morreu no dia 16 de novembro, aos 62 anos, em São Paulo. Pioneira do vôlei de praia, ela também fez carreira nas quadras e se notabilizou por ser uma voz atuante no esporte. Mãe dos atletas Maria Clara, Pedro e Carol Solberg, Isabel sofria da síndrome aguda respiratória do adulto (SARA). Ela chegou a ser internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, mas não resistiu.

BETO FUSCÃO

Zagueiro da seleção brasileira, Rigoberto Costa, mais conhecido como Beto Fuscão, morreu em 6 de dezembro, aos 72 anos, em Florianópolis, após complicações de um câncer no estômago. Revelado pelo Figueirense, o jogador foi um importante zagueiro nos anos 1970 e teve seus melhores momentos no Grêmio e no Palmeiras.

PELÉ

Pelé morreu aos 82 anos no dia 29 de dezembro. O Rei do Futebol ficou algumas semanas internado no Hospital Albert Einstein. Pelé estava acompanhado de familiares. A morte aconteceu em decorrência da falência de múltiplos órgãos, resultado da progressão do câncer de cólon, do qual já tratava há mais de um ano, associado à sua condição clínica prévia, de acordo com o boletim médico.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE