Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Golaço de Raphael Veiga garante primeira vitória do Palmeiras no Paulistão

Golaço de Raphael Veiga garante primeira vitória do Palmeiras no Paulistão
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Uma pintura de Raphael Veiga deu ao Palmeiras sua primeira vitória no Campeonato Paulista. O meio-campista acertou de muito longe o ângulo e marcou no primeiro tempo o gol que garantiu o triunfo do atual campeão estadual sobre o Botafogo, em Ribeirão Preto, na noite desta quinta-feira, por 1 a 0.

A vitória foi conquistada apesar do futebol ruim apresentado pelo Palmeiras no interior. O time foi acuado pelo rival em Ribeirão Preto e não voltou à capital com um empate ou até mesmo derrotado em razão da ineficiência do adversário em suas chegadas ao ataque.

Veiga salvou a noite e garantiu os primeiros três pontos ao campeão brasileiro, que faz seu primeiro clássico no ano no domingo, diante do São Paulo, no Allianz Parque. A equipe agora divide a liderança do Grupo D, com quatro pontos, com o São Bernardo. O Botafogo tem três e é o segundo do A.

O Palmeiras teve mais sorte que juízo no primeiro tempo. Foi dominado como há muito tempo não era, sobretudo por um adversário inferior, e só terminou a etapa inicial em vantagem por causa do talento de Raphael Veiga e da ineficácia do rival de Ribeirão Preto no ataque.

O Botafogo teve mais posse de bola, mais escanteios, finalizou mais vezes, criou ao menos seis chances para marcar, mas não fez e ainda levou. Levou porque o Palmeiras, ainda que tenha feito um de seus piores primeiros tempos, tem Raphael Veiga, figura com importância em dobro para o elenco depois da saída de Gustavo Scarpa.

Veiga foi às redes de muito longe. Enxergou o goleiro adiantado e, num chute potente e de rara felicidade, acertou o ângulo direito aos 24 minutos. Foi seu primeiro gol em 2023 e também da equipe, que empatara com o São Bento na estreia.

O gol foi lindo, mas foi só o que produziu os visitantes na etapa inicial. Algo incomum, a defesa palmeirense bateu cabeça e sofreu. Desorganizado, o time passou sufoco nas bolas aéreas e nos contra-ataques armados pelo Botafogo. Weverton trabalhou e também torceu para a bola não entrar nos chutes de Osman e Salatiel. Jailson, o pior em campo, falhou na marcação e na construção das jogadas, reforçando que não será fácil para Abel reajustar a equipe sem Danilo.

Jailson foi substituído no intervalo. Mesmo que não tenha feito muito, Atuesta, o escolhido para entrar, ajudou o Palmeiras a reter a bola. O time melhorou e, de dominado, passou a dominar o rival do interior paulista.

Não ampliou porque o goleiro Rafael Pascoal trabalhou com competência nas conclusões de Marcos Rocha e Breno Lopes, este que também deixou o banco na etapa complementar.

Foi mais 45 minutos de correria e intensidade, mas um futebol pobre tecnicamente, de bolas longas e esticadas. Essa configuração foi benéfica ao Palmeiras, que sustentou o resultado e obteve sua primeira vitória no Estadual.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 X 1 PALMEIRAS

BOTAFOGO – Rafael Pascoal; Vidal (Thássio), Lucas Dias, Marcel, Diogo Silva e Jean; Tárik, Fellipe Soutto (Lucas Lourenço) e Guilherme (Robinho); Salatiel (Caio Dantas) e Osman (Edson Carioca). Técnico: Paulo Baier.

PALMEIRAS – Weverton; Marcos Rocha (Garcia), Gómez, Murilo e Piquerez; Jaílson (Atuesta), Zé Rafael e Raphael Veiga (Gabriel Menino); Dudu (Breno Lopes), Rony e Endrick (Navarro). Técnico: Abel Ferreira.

GOL – Raphael Veiga, aos 24 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Luiz Flávio de Oliveira.

CARTÕES AMARELOS – Endrick, Gómez e Abel Ferreira (Palmeiras; Lucas Lourenço (Botafogo).

PÚBLICO – 19.395 torcedores.

RENDA – R$ 1.273.425,00.

LOCAL – Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE