Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

José Aldo diz que hospedar Bolsonaro foi visão de negócio para valorizar imóvel

José Aldo diz que hospedar Bolsonaro foi visão de negócio para valorizar imóvel
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

O ex-lutador de MMA José Aldo afirmou que ser anfitrião do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos, serve como forma de valorizar o imóvel. “Eu vi o negócio”, disse o bicampeão do UFC, que também disse usufruir de possíveis más decisões do ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), para alavancar seus investimentos em fundos atrelados à taxa de juros.

Em entrevista ao Flow Podcast, José Aldo contou que tem duas casas nos Estados Unidos, apesar de nunca ter morado lá, e que utiliza os imóveis como investimento, alugando para pessoas famosas e amigos. A casa de nove quartos é temática. Um dos quartos, por exemplo, é decorado com o tema dos “Minions”, personagens do filme “Meu Malvado Favorito”, da Disney.

“Tenho duas (casas). Moro no Rio. Nunca morei lá (Orlando). Meus amigos foram para a América. Lá a visão é diferente. Tem apoio e patrocínio. Aqui no Brasil você precisa da família ajudando”, iniciou. “Minha filha é apaixonada pela Disney. Quando comprei a casa foi ao mesmo tempo um investimento para alugá-la e também para a gente ir para lá de férias”, explicou José Aldo.

O ex-lutador de MMA disse que recebeu uma ligação de Bolsonaro e foi então que sugeriu ao ex-presidente se hospedar na casa durante sua estadia no país americano. Bolsonaro deixou o Brasil no dia 30 de dezembro de 2022 e está em Orlando desde então.

“Eu já tenho essa casa há um tempo. Ela é toda temática, da Disney, lutas… Eu empresto a casa para todo mundo. Não só para o Jair (Bolsonaro). A casa tem nove quartos, piscina, tem tudo lá. Muita gente ‘cai’ lá. Atrizes, cantores, atletas… eu empresto a casa, normal. Como o cara me ligou, eu falei: ‘Cai na minha casa'”, contou.

José Aldo explicou que ao recepcionar Bolsonaro em sua casa fez com que o imóvel valorizasse e multiplicasse sua procura para aluguel. Ele diz que pretende colocar uma placa na porta da casa com os dizeres: “Aqui ficou o presidente do Brasil”.

“Pessoas que são contra vão me bater. Mas minha jogada não foi pensando nisso. Tudo o que você faz na sua vida tem ônus e bônus. A rua está lotada sempre. O que tem de gente querendo alugar a casa que me liga o dia inteiro. Tem gente que pensa muito pequeno e não pega a visão do negócio. Eu vi o negócio. Não penso se é esquerda ou direita. Ao mesmo tempo que tem o quarto dos Minions, quero colocar uma placa lá: ‘Aqui ficou o presidente do Brasil'”, afirmou. José Aldo relata que gosta de ficar em quartos em que outras personalidades se hospedaram.

“Na América tem muito disso. Em Las Vegas, gosto de ficar no quarto que o Elvis (Presley) ficou. Todo mundo vai querer ficar na mesma casa do presidente. ‘Nego’ vai se sentir importante também. Brasileiro com mente muito pequena não vê o lado do negócio. Estou pouco me lixando se vão falar A, B ou C”, continuou.

INVESTIMENTOS

José Aldo também disse estar sempre atento às oscilações do mercado e decisões que possam impactá-lo de forma a tirar o máximo proveito de seus investimentos. O ex-lutador diz que quando o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, comete um erro, ele pode se beneficiar nos investimentos.

“Haddad faz m… para c…. Quanto mais m… ele fizer, mais a taxa de juros sobe, mais eu pego meu dólar (nos EUA) e invisto na taxa de juros aqui. Você acha que eu estou preocupado com quem está ganhando ou perdendo? Não, ele (Haddad) está me ajudando. Tenho meu lado político, mas tenho de surfar aquilo que vai trazer negócio. Eu sou um cara estudioso. Preciso acompanhar para ver o melhor cenário”, afirmou.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE