Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Márcio Freire, brasileiro morto em Nazaré, desbravou o surfe de ondas gigantes

Márcio Freire, brasileiro morto em Nazaré, desbravou o surfe de ondas gigantes
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Morreu nesta quinta-feira o surfista brasileiro Márcio Freire, de 47 anos. O baiano surfava na praia do Norte, em Nazaré, Portugal, quando sofreu uma queda na água. Segundo a Polícia Marítima, ele foi resgatado por um jet ski e chegou à areia com um quadro de parada cardiorrespiratória. Houve tentativa de reanimação, mas ele não resistiu e morreu ainda na praia.

Márcio era especializado em ondas gigantes e uma das referências do surfe brasileiro. Ao lado de outros dois amigos baianos, Danilo Couto e Yuri Soledade, formava o trio “Mad Dogs” (“Cachorros Loucos”, em tradução livre). A alcunha surgiu nas praias do Havaí e se deu pelo fato de eles encararem as ondas gigantes sem coletes salva vidas ou auxílio de jet skis.

Ao lado dos dois amigos, Márcio foi um dos pioneiros no surfe de ondas gigantes, encarando especialmente a temida Jaws, na ilha havaiana de Maui. O trio inspirou futuras gerações de surfistas que também se notabilizaram por encarar o mesmo desafio, como Maya Gabeira e Pedro Scooby.

“Era pura coragem guiada pela vontade de descer uma onda enorme”, disse Márcio, em entrevista de 2017 ao site da Red Bull. “Nada nos forçou a fazer o que fizemos. Era tudo para nós mesmos, para nossa satisfação pessoal. Eu por exemplo, nunca tive patrocínio ou dinheiro envolvido na minha jornada.”

A trajetória de Márcio, Yuri e Danilo virou tema do documentário “Mad Dogs”, do diretor Roberto Studart. A obra fala sobre o pioneirismo do trio em ondas gigantes e o surfe na Jaws.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE