Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Veja os direitos dos consumidores para a volta às aulas

Veja os direitos dos consumidores para a volta às aulas
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

(FOLHAPRESS) – O Procon Estadual do Rio de Janeiro lançou, nesta segunda (2), uma cartilha para responder às principais dúvidas sobre os direitos dos consumidores brasileiros em relação aos contratos de ensino.

Segundo o presidente do órgão, Cássio Coelho, o material traz esclarecimentos para ajudar na hora de renovar o contrato com as escolas, creches, universidades e outros prestadores de serviços educacionais.
Foram selecionadas para a cartilha as perguntas mais frequentes sobre a lista de material escolar, matrículas, direitos dos alunos inadimplentes, entre outras.

“É fundamental o consumidor estar atento aos seus direitos e, caso note que não estão sendo respeitados, contatar o Procon estadual”, afirma Coelho, em nota.

CONFIRA ALGUMAS DICAS DA CARTILHA DO PROCON-RJ

MATERIAL ESCOLAR

A escola só poderá solicitar aos alunos materiais adequados e em quantidade necessária à realização das atividades previstas em seu plano pedagógico

É proibida a solicitação de material de uso coletivo, como produtos de higiene e limpeza e tintas para impressora
Não é permitida a determinação de marcas de material escolar

A instituição de ensino pode oferecer aos responsáveis a opção de compra do material escolar na própria escola. É possível, nesse caso, a cobrança de taxa de material, mas deve ser informada previamente e acompanhada da lista. A escola não pode obrigar esta compra no seu estabelecimento; a exceção é a venda de apostilas e materiais próprios

INADIMPLÊNCIA E REAJUSTE

A escola não por rescindir (romper) o contrato escolar por inadimplência enquanto transcorrer o ano letivo

O reajuste da anuidade só pode ser aplicado uma vez por ano, no momento da renovação do contrato

ESTUDANTE COM DEFICIÊNCIA

A instituição não pode negar matrícula ao aluno com deficiência nem cobrar valor adicional. O aluno terá direito a acompanhamento e apoio especializados, com recursos de acessibilidade

SAIBA COMO ECONOMIZAR COM O MATERIAL ESCOLAR

O material escolar representa uma das despesas mais importantes do início do ano, época em que o pagamento do IPVA e do IPTU também pesam no bolso

Veja algumas dicas de especialistas para encontrar os melhores preços e evitar desperdício

Onde comprar

Pesquise preços na internet antes de ir às compras do material escolar
Considere também o departamento de papelaria de supermercados
Avalie os gastos com deslocamento e frete (para compras pela internet)
Evite comprar os itens em camelôs para garantir a segurança dos produtos

Compre em grupo

Reúna outros pais para comprar os itens em maior quantidade e conseguir descontos maioresPersonagens
Materiais com personagens como princesas e super-heróis famosos são mais caros
O custo aumenta porque o fabricante precisou gastar para licenciar esses produtos
O preço alto, nesses casos, não tem relação com a qualidade do material utilizado

Aproveite o material usado

Veja se é possível reaproveitar os livros didáticos de outro alunos que avançaram de série
Reaproveite lápis de cor e outros itens que ainda estão em boas condições de uso

Segurança

Leia os rótulos para garantir a segurança das crianças
Itens importados merecem atenção e devem ter informações em português
Não compre produtos sem selo de segurança, mesmo que estejam mais baratosFontes: Procon-SP e FGV-Ibre

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE