Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Chuva e furtos de celular são hits em bloco na Faria Lima, em SP

Chuva e furtos de celular são hits em bloco na Faria Lima, em SP
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

BRUNO LUCCASÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Sob nuvens carregadas, o desfile do bloco Sargento Pimenta, na avenida Brigadeiro Faria Lima, zona oeste de São Paulo, começou pouco depois das 12h. Uma multidão, majoritariamente formada por millennials que abusavam da cor, brilho e estampas animalescas enquanto esboçavam coreografias ao som do repertório dos britânicos Beatles, o acompanhava.

“Existe uma dança para afastar chuva?”, perguntava o empresário Pedro Prado, 41.

Não teve jeito. Poucos minutos depois, um temporal obrigou foliões a se abrigarem onde puderam. Sob árvores, food trucks ou guarda-sóis que acompanhavam carrinhos para venda de bebidas.

Cerca de dez minutos depois, tudo já havia acabado.
Encharcadas, as pessoas voltaram a cantar, dançar e, sempre que surgia uma oportunidade, se beijar.

Por volta das 13h20, subiu ao palco a cantora Ana Cañas, que prosseguiu cantando Beatles.

Apesar da estrondosa adesão à trilha sonora, foram os furtos de celular o maior hit do bloco.

A maioria dos relatos é de celulares desaparecendo dos bolsos de calças e bermudas, mas também há reclamações de pochetes abertas. A Folha questionou a Polícia Militar a respeito dos furtos na tarde deste sábado e aguarda os esclarecimentos da corporação.

Foi o caso da funcionária pública Carla Gomes, 36. Ela diz que, durante tumulto para se proteger da chuva, foi segurada por dois homens que teriam levado seu aparelho celular e cartão de crédito.

Ela tentou pedir auxilio aos policiais presentes, mas eles responderam ser difícil localizar os responsáveis em meio aos milhares de carnavalescos. Carla comprou duas latinhas de cerveja e afirmou que esqueceria de tudo bebendo.
Ao menos dez queixas foram feitas à reportagem, como a de Laura Dantas, 23, que aguardava na quilométrica fila do banheiro químico.

“Pegaram do meu bolso. E com tanta polícia aqui é ainda mais revoltante”, disse Laura.
Três viaturas da polícia e mais de 20 agentes guardavam o local.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE